Notícias

  • Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • DE MÃOS DADAS NA EDUCAÇÃO AO PACIENTE E SEUS FAMILIARES SOBRE ASMA E RINITE
  • DE MÃOS DADAS NA EDUCAÇÃO AO PACIENTE E SEUS FAMILIARES SOBRE ASMA E RINITE
    « Voltar · 02/ABR/2018

    Associação Brasileira de Asmáticos – SP e a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo “DE MÃOS DADAS NA EDUCAÇÃO AO PACIENTE E SEUS FAMILIARES SOBRE ASMA E RINITE” O projeto PAPAR (Projeto Amigos dos Portadores de Asma e Rinite) conta com a colaboração voluntária de mais de 560 médicos, em todo o Estado de São Paulo. Já é realidade desde 2004, possui rico material educativo, impresso e áudio visual próprio.

     

     

    COMPARTILHE:

     

    Projeto PAPAR

    O projeto PAPAR (Projeto Amigos dos Portadores de Asma e Rinite) conta com a colaboração voluntária de mais de 560 médicos, em todo o Estado de São Paulo. Já é realidade desde 2004, possui rico material educativo, impresso e áudio visual próprio. Desta forma, contando com a solidariedade e compromisso o PAPAR leva o médico voluntário para dentro da escola, possibilitando a melhor compreensão da asma e rinite alérgica de forma simples proporcionando através da educação a prevenção destas doenças.
    A Dra. Yara Mello, Alergologista, Diretora do departamento de Saúde Escolar e Atividades Específicas na Prevenção da Asma / ABRASP, idealizadora deste projeto divide o orgulho com os mais de 500 médicos especialistas nas áreas de Alergologia, Pneumologia, Pediatria de fazer parte desta ação que é um exemplo de solidariedade.


    Justificativa
    A Asma e a Rinite Alérgica são doenças crônicas, que acometem até 15% da população, caracterizada por episódios recorrentes de obstrução das vias aéreas, cujas manifestações são, geralmente, tosse, dispneia, aumento da secreção brônquica, espirros, coriza, obstrução nasal. As crises podem ocorrer em várias circunstâncias; com a inalação de aeroalergenos (pó, epitélio de animais...), com inalação de ar frio, com exercício físico, entre outras.
    Estas doenças são resultado de uma interação entre genética, exposição ambiental a alérgenos proporcionando o desenvolvimento de alergia respiratória, esta consiste a principal causa destas doenças. A asma é uma doença de forte impacto sócio econômico. A mortalidade por asma, nos países em desenvolvimento, corresponde de 5% a 10% das mortes por causa respiratória.
    Vários estudos demonstram que o aumento da mortalidade e morbidade observado na asma está associado, principalmente, ao manejo inadequado da asma pelos pacientes. Diante do resultado desses estudos, seria aconselhável que todos os pacientes portadores de asma e rinite e seus familiares recebessem orientações sobre essa doença, assim como noções de como eliminar ou controlar os fatores desencadeantes, especialmente os domiciliares e ocupacionais.
    Para reverter esse quadro estatístico dramático, a ABRA/SP vem trabalhando de mãos dadas com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo facilitando o desenvolvimento do projeto PAPAR junto ao Programa Escola da Família.
    O PAPAR tem a pretensão de, através da educação, diminuir o absenteísmo escolar, o número de internações hospitalares e visitas ao Pronto Socorro. O impacto na melhora da qualidade de vida, e benefícios sócio econômicos também são metas deste projeto.

     

    Listar Todas as Notícias
Receba novidades
Alameda Iraé, 620 conj. 103 - Moema - São Paulo/SP - CEP: 04075-903 - Fones: (11) 5549-8199 | 3501-8854 | 0800 773 8199
2017 © ABRA - Associação Brasileira de Asmáticos - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por